Toda mãe sofre em acordar de madrugada e, por isso, prefere começar o desmame pelo período noturno, mas é preciso fazê-lo da maneira correta.

 

Desmamar nunca é fácil. Exige muito cuidado sobre como realizar e a hora certa de fazer. Ainda que a partir do 6 mês sejam inseridas comidas sólidas para o bebê, ele ainda precisa dos nutrientes do leite para se desenvolver.

Nesse momento, mesmo que a amamentação deva continuar, a mãe pode começar a aliviar sua rotina. Tirar a mamada noturna costuma ser o primeiro passo. Principalmente para mães que trabalham fora de casa, dormir pouco e acordando durante a noite para amamentar, torna a rotina do dia seguinte mais difícil.

No entanto, realizar o desmame noturno pode não ser tão fácil quanto parece. Acompanhe aqui algumas dicas de como fazê-lo de forma gentil e menos agressiva para mamãe e bebê.

 

Importância da amamentação noturna

A amamentação com leite materno é essencial para o desenvolvimento e nutrição do bebê. Apenas assim é possível garantir todos os nutrientes que ele precisa para desenvolver seu sistema imunológico e equilibrar o organismo. Por isso, decidir pelo desmame é um momento delicado e que deve ser muito bem pensado.

desmamar bebê desmame noturno

A mamada da madrugada, nos primeiros meses de vida do bebê, é essencial. Esse é o horário em que o organismo da mamãe mais produz leite, por isso, serve como um incentivo para que ela tenha leite suficiente ao longo do dia.

Ao retirar a mamada noturna é natural que a produção de leite comece a cair.

 

Quando começar o desmame noturno?

O ideal é que você, antes de mais nada, busque a orientação do pediatra do seu filho. Não é por que ele está grande que o desmame é necessário. A maioria dos especialistas recomenda, inclusive, que a alimentação do pequeno seja exclusivamente amamentação nos primeiros 6 meses.

A partir dessa idade, é possível começar a inserir outros alimentos, mas não é recomendado parar de amamentar. Manter o seio até 1 ano e meio ou 2 anos é sempre a melhor opção.

Claro, a partir do momento que seu bebê não depende mais apenas do leite materno. Você pode começar a retirar a mamada noturna, que tem tanto impacto na qualidade de vida e sono do bebê e da mamãe.

O desmame noturno pode começar a ser feito entre o 4º e 6º mês de vida do seu filho. Nesse período, em geral, a produção de leite já é mais constante e equilibrada e você não corre risco de não ter leite suficiente durante o dia.

Antes de decidir fazer o desmame noturno saiba que:

  • Você deve estar produzindo bastante leite durante dia;
  • Bebê deve estar ganhando peso corretamente;
  • A mamãe tem que se sentir confiante e confortável com a decisão;
  • Seu filho pode estar acordando não apenas por fome, mas por necessidade de contato com a mamãe.

 

Quero manter a amamentação noturna, como tornar mais fácil?

É muito cansativo ter que acordar de madrugada para amamentar, mas existem algumas formas de tornar essa rotina menos cansativa:

desmamar bebê desmame noturno

  • Leve a criança para seu quarto, colocando um berço ao lado da cama, assim ela estará perto quando acordar e você não precisa ir até outro cômodo.
  • Mude para o quarto do bebê se não for possível colocar no seu.
  • Tire leite durante o dia e deixe o papai ir amamentar com copo de treinamento em seu lugar.
  • Compartilhe a cama, mas lembre-se de usar almofadas ou redutores para que seja seguro para o bebê e cuidado para que dormir com você não se torne um hábito.

Dicas para o desmame noturno

  • Faça de forma gradual, comece dando menos leite em cada mamada noturna;
  • Prolongue os intervalos entre uma mamada e outra na madrugada;
  • Troque algumas das mamadas apenas por colo, não oferecendo o seio;
  • Tenha certeza de que ele está bem alimentado durante o dia com mamadas mais longas e alimentos sólidos (se ele quiser e tiver idade para eles);
  • Deixe que o papai levante para confortar o bebê quando ele acordar, assim ele acostuma a não ter o peito o tempo todo, já que a presença dele nunca foi associada com amamentação para o bebê;
  • Dê mamadas extras no fim do dia;
  • Ofereça a chupeta no lugar do peito algumas vezes quando ele acordar;
  • Não comece o desmame noturno se a mamãe, o bebê ou a rotina estejam passando por problemas ou mudanças bruscas.

0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *