Se hora do banho na banheirinha já é um desafio para os pais, imagina quando o banho é no chuveiro. Você não tem mais a preocupação do seu bebê escapar dos seus braços, mas o chuveiro pode exigir ainda mais cuidado. Já pensou se ele escorrega?

Uma das soluções que os pais usam é tomar banho junto com o pequeno, mas essa é uma ideia complicada. Na hora de sair do banho é preciso de ajuda, já que enxugar o pequeno e a si mesmo ao mesmo tempo é difícil e ele não pode tomar friagem.

O banho de chuveiro ainda exige pensar na fase de adaptação. É uma novidade para o pequeno e pode ser bem assustadora no início. Pode ser que ele não goste da nova hora do banho. Conheça alguns outros detalhes que podem te ajudar nessa transição.

As novidades do banho de chuveiro

Não é fácil para a criança abrir mão de sua banheira ou bacia para um banho de chuveiro. Apesar de para adultos parecer simples, para crianças essa é uma mudança grande. Ela não poderá mais ficar sentada brincando enquanto você a lava, estará em um piso diferente e escorregadio.

Brincar é a parte favorita do seu filho no banho, no chuveiro não será diferente. Você precisa esperar que ele esteja firme para fazer a transição e, nesse momento, terá uma criança ativa em pé no chão escorregadio. As chances do deslizar virar uma brincadeira é grande e tem seus riscos, já que ele pode cair e se machucar.

banho bebê chuveiro

Outro ponto que pode gerar muito desconforto é o próprio chuveiro. Para um bebê que está acostumado a estar sentado na água, ver ela caindo do chuveiro com mais pressão e fazendo barulho pode ser assustador e incomodo.

Por isso o banho no chuveiro deve ser considerado com calma, sempre levando em conta todos esses elementos e a preparação da criança. Não force a transição e vá aos poucos ensinando seu pequeno o que pode ou não ser feito. Só não se esqueça de que ele não está fazendo nada errado, está apenas experimentando. Não pegue pesado em broncas, mas seja firme ao dizer que algo é perigoso.

Banho de chuveiro: o que eu preciso?

Você está acostumando seu filho a tomar banho no chuveiro, mas isso não significa que você deve se livrar de imediato da banheira. Ela pode ser uma forma boa de facilitar a transição. Colocá-la em baixo do chuveiro e o seu bebê em pé nela é uma forma de dar certa familiaridade para ele. Além disso, você mantém a brincadeira que ele está acostumado, basta sentá-lo na banheira após o banho.

Além da banheira, é essencial um tapete ou adesivos antiderrapantes. Coloque esse antiderrapante no chão do box para reduzir o risco de que o pequeno caia. Mas não se descuide, o tapete e os adesivos não elimina completamente o risco. Mesmo na banheira é importante colocar o tapete para banho for em pé, já que o plástico é bastante escorregadio.

Se preferir, em lugar da banheira tradicional você pode usar uma banheira inflável. As menores e redondinhas cabem perfeitamente em um box e seu piso é bem menos escorregadio do que o da banheira de plástico.

Outro produto que pode ajudar muito são os assentos e cadeirinhas multiuso. Mas tome cuidado, não é porque seu bebê está sentado na cadeirinha e ela oferece o apoio que ele precisa e tenha cintos de segurança que ele está seguro. Muitos acidentes podem acontecer, inclusive ele virar com o banquinho, o que, em banheiras, é um risco de afogamento.

A regra mais importante, então, é: não importa os produtos utilizados, nunca deixe seu pequeno sozinho no banho.

Como dar banho de chuveiro no bebê?

Para dar banho no seu bebê no chuveiro, primeiro, acerte a temperatura da água. Uma vez que ela esteja agradável para o pequeno, coloque-o dentro do chuveiro, segurando os bracinhos para dar estabilidade. Espere ele se acostumar com o ambiente antes de começar o banho.

banho bebê chuveiro

Deixe o kit de higiene dele por perto, já que não poderá largar. Com uma mão segure o bebê e com a outra lave os cabelos e passe a bucha no corpo para lavar. Se for utilizar a banheira em baixo do chuveiro, principalmente as de adulto, lembre-se de não deixar a água passar da cintura do pequeno.

Um ponto importante é não deixar que a água caia diretamente no rosto do bebê, utilize chapéu protetor para o rosto do bebê. Como ele não está acostumado, pode ser que ele se engasgue ou afogue. Tome cuidado para que a pressão da água não seja muito grande, pode ser desconfortável e traumatizante para o bebê, já que ele ainda não entende direito o que é o chuveiro.

Você não precisa começar esses banhos de chuveiro com o bebê em pé, mas é importante tentar para que ele comece a se acostumar com tomar banho em pé, com a pressão da água e com o barulho do chuveiro.


0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *