A gravidez pode ser um período de desconfortos para a mulher. Não são raras as dores na gravidez, mas tornar esse momento mágico é possível.

 

Dores na gravidez são uma grande preocupação para futuras mamães. A gravidez é um dos momentos mais importantes para muitas mulheres que sempre sonharam em ter filhos. Para elas, esse período é um misto de sentimentos.

Com exceção de mulheres que, por algum motivo, têm alguma complicação na gravidez e precisam de mais cuidados e repouso, o período gestacional pode ser muito tranquilo. Incontáveis mulheres trabalham por meses, fazem academia, se exercitam, cuidam dos outros filhos, viajam, passeiam, enfim, têm uma vida normal.

 

Entenda a gravidez

dores na gravidez evitar grávidaA gravidez mexe com os hormônios, os sentimentos, as sensações, os hábitos e toda a vida da mulher. É importante dizer que nada disso impede que ela tenha uma vida tranquila e que não possa esperar seu bebê continuando com suas atividades cotidianas.

No entanto, nem tudo é perfeito, não é? É um momento lindo, mas não podemos esquecer que é uma vida crescendo, se desenvolvendo e se mexendo dentro do corpo.

Por isso, é comum passar por dores e incômodos. Lembrando que os incômodos que iremos abordar aqui e dar dicas para que eles sejam amenizados são aqueles “normais”, que toda mulher acaba tendo em algum momento da gravidez. Em caso de dores ou sintomas mais fortes ou qualquer complicação, uma visita ao médico é o aconselhável.

 

Dores na gravidez: como evitar?

Dores nas costas, enjoos, azia e gases são as queixas mais comuns das mulheres. Elas podem aparecer no começo, mas o meio e o final da gravidez são os períodos mais críticos de aparecimento dessas reclamações.

O corpo passa por muitas mudanças e muitos desses problemas estão conectados à instabilidade hormonal, além de “espacial” dentro do corpo da mulher. A coluna e os órgãos precisam se reposicionar para dar espaço para o bebê e isso afeta bastante o conforto da mãe, mas com um pouco de ajuda e paciência, tudo isso pode ser amenizado.

 

Azia e náuseas

Esses são dois sintomas que as mulheres mais se queixam. Eles acontecem por causa da mudança hormonal que o aumento do útero causa, além do refluxo gástrico causando pelo “aperto” do estômago.

O principal é manter uma alimentação saudável, rica em fibras, proteínas e pobre em temperos fortes para que a azia não piore. Além disso:

  • não dormir após as refeições;
  • mastigar devagar (ajuda na digestão);
  • não ficar sem comer por muito tempo;
  • evitar roupas apertadas na barriga e no estômago;
  • ficar bem longe dos alimentos que mais dão enjoo.

Essas são dicas simples, mas que trazem muito alívio para a mamãe. Uma outra possibilidade é utilizar uma pulseira anti-enjoo para aliviar a náusea.

 

Dor nas costas

dores na gravidez evitar grávidaA dor nas costas pode ser relacionada tanto com a mudança de hormônios quanto com a postura da grávida. Os hormônios causam uma frouxidão muscular, afetando a coluna e a bacia.

Fora isso, há também o aumento do peso da mulher, o crescimento do bebê e do útero e a perda da tonicidade do abdome, o que leva a sobrecarga da coluna.

Apesar da influência dos hormônios, a postura é o que mais vai ajudar as mamães com esse desconforto.

Não ficar muito tempo sentada, tentar não ganhar muito peso, evitar se acomodar em assentos muito baixos, não carregar coisas pesadas, evitar movimentos repetitivos e salto alto já são medidas que vão reduzir muito o incômodo na lombar.

Dormir bem também pode ajudar e, para tornar tudo mais fácil, a mamãe pode recorrer a um chá orgânico relaxante. Existem diversos chás orgânicos para a mamãe tornar seu dia e do bebê mais confortável.

 

Gases

Os gases podem acontecer em dois momentos principais: no começo e no final da gravidez. No começo porque a progesterona produzida acaba relaxando todos os tecidos do corpo, inclusive os do trato gastrointestinal.

dores na gravidez evitar grávidaNo final da gravidez os gases voltam a incomodar. O útero já está pressionando bastante os órgãos do abdome. Isso também provoca a lentidão do sistema digestivo.

Em casos assim, o mais importante a se fazer é eliminar alimentos que causam gases. Entre eles estão a batata-doce, cebola, feijão, brócolis e etc.

 

Para ter um dia melhor e sem dores na gravidez

O mais importante para as mamães nesse período é se sentirem e ficarem confortáveis. Algumas dicas úteis são:

 

São detalhes simples, mas, ao mesmo tempo, os principais para as grávidas passarem por esses incômodos e outros de uma maneira mais amena e calma.

Última orientação: cuide muito bem da sua saúde e da saúde do bebê, sempre que algum sintoma tiver incomodando além do normal, procure um médico.


0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *