O Disney+ chegou no Brasil. O serviço de streaming tirou a estreia no dia 17 de novembro no país, apresentando um abrangedor rol de títulos originais e produções de estúdios parceiros.

Com a ampliamento de capacidade de streamings de vídeo surge a incerteza de qual adotar, quais valem a pena a assinatura, entre outras questões.

O serviço da Disney já está funcionando no exterior há cerca de um ano, porém faz sua estreia no Brasil somente em 2020. Devido a pandemia de Covid-19, vários conteúdos também estão atrasados.

Diversas novidades que seriam apresentadas neste ano, precisaram ser adiadas e serão mostradas em 2021.

Para iniciar, assim como a maior parte dos serviços disponíveis, a Disney oferece um teste imotivado, que é de sete dias.

Isto permite que o utente veja se os conteúdos disponíveis são de seu ambição e, decida se realmente compensa ficar com a assinatura. Caso não seja o que o utente queira, é possível cancelar nesse tempo sem pagar nada dessa forma.

Há diversos filmes e séries que já constam no rol e não estão disponíveis, por exemplo. Embora disso, a maior parte deles já tem uma data de emissão acertada, que está indicada, juntamente com o trailer disponível.

Assim como na Netflix, o utente pode colocar em sua listagem e ser notificado no momento em que o conteúdo alcançar.

Catálogo Disney+

Catálogo Pixar

A Disney é, nos dias de hoje, uma das maiores companhias de audiovisual do mundo. Além de seus estúdios próprios – com todas as princesas, animações, séries adolescentes e mais – há também outras companhias que foram compradas durante dos anos.

Entre as suas subsidiárias mais conhecidas estão companhias como a Pixar, Marvel e National Geographic. Isto indica que todo o conteúdo fabricado por elas está disponível, ou vai alcançar, para o Disney+.

Home Disney Plus

Essa é uma das grandes benefícios da empresa, seu abrangedor rol disponível. Há bastante conteúdo para crianças e adolescentes, especialmente com as produções desenvolvidas pelo gabinete de agitação Pixar.

As opções são muito vastas, até mesmo com toda a franquia Star Wars, com série exclusiva, The Mandalorian, como um dos carros chefes da Disney+ em sua estreia no Brasil.

Vale enfatizar que em 2019 a Disney finalizou a compra da 20th Century Fox e mudou seu nome para 20th Century Studios.

Na execução, com essa compra, todos os filmes e séries pertencentes a Fox agora pertencem a Disney, inclusive direitos de subdivisão de diversos títulos.

Entre os mais famosos estão os Simpsons, Avatar, Crônicas de Nárnia, X-men, A era do Gelo, os direitos de subdivisão dos 06 primeiros filmes da franquia Star Wars, entre mais títulos.

Outro ponto fundamental é que em seguida que a Disney anunciou o seu próprio serviço de streaming, seus conteúdos foram removidos das concorrentes.

Dessa forma a única maneira de assistir via streaming grandes franquias da Marvel, Star Wars, entre outras, é assinando é pela Disney+.

Preço e Assinatura Disney+

A Disney oferece distintos capacidade de assinaturas de seu serviço de streaming. No momento em que o site é acessado há duas principais opções. A primeira oferece o serviço pelo esforço de R$ 27,90 por mês e a segunda é uma assinatura anual, R$ 334,00 ( há uma melhoria temporária de R$ 279,90 válida até o dia 31 de dezembro de 2020).

Com o valor anual comum, R$ 334, não há grande economia em subscrever de uma única vez. O valor completo, dividindo por mês, é centavos mais moda. A proveito está caso o utente não queria ter uma conta fixa em seu cartão.

catálogo disney+

Agora, com o valor promocional até o final de 2020, há uma significativa economia. O utente pode passar a ter 2 meses lucrativo com a assinatura anual, no valor com redução. O cliente irá pagar o valor completo de 10 meses, obtendo um ano de serviço.

UMA ASSINATURA CONCEDE ACESSO A ATÉ QUATRO PERFIS

A assinatura concede acesso a até quatro perfis. Ou seja, é possível assistir o conteúdo ao mesmo tempo em até quatro telas. Nos dias de hoje, não há opções distintos, como a Netflix faz, por exemplo. O esforço é único para os quatro perfis, caso use todos, ou não.

A Disney também não mencionou se irá proporcionar mais opções no futuridade. Em seu emissão, uma família de até quatro indivíduos pode quebrar uma única assinatura, ou também quatro colegas.

Comparativos com as concorrentes

Para saber se o serviço de fato realmente compensa, ou compensa, similarmente é necessário realizar o comparativo com as concorrentes. Nos dias de hoje, no Brasil, há 2 principais serviços de streaming de vídeo: a Amazon Prime Video e a Netflix. Vamos comparar as ofertas entre as duas companhias.

Comparativo de preços:

Disney+ – R$ 27,90 por mês ( Acesso a até quatro telas simultâneas qualidade FullHD 4K)

Netflix – plano base: R$ 21,90 por mês ( uma quadro e qualidade de vídeo 1080p)

Amazon Prime Video: R$ 9,90 por mês ( Acesso a até seis perfis e qualidade FullHD 4K possui eventualidade de aumentar e deixar o plano mais completo e caro )

Há também mais serviços disponíveis, como o Telecine Play (R$ 37,90), HBO Go (R$ 34,90), Globoplay (R$ 22,90) e vários mais. Usamos os 2 principais concorrentes para ter uma base de comparativo de preços.

Pagamento Disney+

A Disney+ aceita pagamentos em cartões de crédito e despesa, com as bandeiras: Visa, MasterCard, Elo e American Express. O usuário inclusive pode optar por pagar com o PayPal, caso escolha.

Em quais dispositivos roda?

O aplicativo da Disney+ está disponível para quase todas as Smart TVs mais recentes. Para TVs mais antigas, é possível interligar o serviço via Chromecast, ou Fire TELEVISÃO Stick. O app para Android e iOS similarmente pode ser utilizado para analisar os conteúdos, além do marujo no Windows. Também não está disponível para Linux.

Qualquer Smart TELEVISÃO LG com o sistema operacional WebOS 3.0 ou superior pode espalhar o aplicativo. Ele similarmente está funcionando nos modelos da Samsung, com Tizen a começar por 2016. Além disso, todas as AndroidTV e equipamentos baseados no sistema da Google (Android 5.0 é o aconselhável ) também possui guarida.

É POSSÍVEL ACESSAR A DISNEY+ POR SMART TVS, ANDROID TVS, CONSOLES, DISPOSITIVOS BASEADOS EM ANDROID (CHROMECAST FIRE TELEVISÃO STICK), IOS E ANDROID

O aplicativo para mobile traz algumas benefícios. Uma das principais é a escolha de analisar o conteúdo com mais colegas. Essa ofício é tragada de Group Watch e, permite mostrar uma comemoração para que todos vejam a série, ou filme, ao mesmo tempo.

Dessa maneira, evita spoilers e permite analisar o conteúdo juntamente, mesmo que as indivíduos estejam distantes materialmente. É possível atuar mutuamente dentro da palco, colocando emojis na quadro, que apresenta-se para todos que estão vendo.

Comparativos com as concorrentes

Para saber se o serviço de fato realmente compensa, ou compensa, similarmente é necessário realizar o comparativo com as concorrentes. Nos dias de hoje, no Brasil, há 2 principais serviços de streaming de vídeo: a Amazon Prime Video e a Netflix. Vamos comparar as ofertas entre as duas companhias.

Para iniciar, a Netflix possui distintos planos. A escolha mais básica custa R$ 21,90 e, a mais completa, chega a R$ 45,90 por mês. Não há escolha de compras anuais. A assinatura mais barata oferece qualidade de vídeo de 1080p e apenas pode ser ideia em uma quadro por vez.

Já a que se equipara aos serviços da Disney Plus, é similarmente a mais cara. A qualidade oferecida é 4K HDR e similarmente pode ser ideia em até quatro quadro ao mesmo tempo, embora de concordar acesso a até cinco perfis.

A Amazon Prime Video é oferecida por R$ 9,90. É possível fazer até seis perfis com essa única assinatura e há também uma série de outras benefícios nos serviços Amazon Prime – como frete imotivado em algumas compras pela Amazon e mais.

Similarmente não são oferecidas opções anuais para o serviço. Os princípios são capazes de ficar mais caros, caso o utente decida subscrever outras opções de serviços, que foram adicionadas há pouco tempo.

Vale a Pena assinar a Disney+?

Como citado, o catálogo é vasto, principalmente em conteúdos infantis. Há ainda muitos filmes clássicos, além de superproduções. Estão sendo produzidos ainda mais conteúdos, que serão disponibilizado ao longo dos meses. 

Uma das principais vantagens é em relação a quantidade de conteúdos em animações. Além dos longa-metragem da Pixar, os curtas também estão disponíveis. Quem tem criança em casa, principalmente durante a pandemia de Covid-19, pode tirar muito proveito do serviço. 

Lembrando que muitos filmes destinado para adultos também estão disponíveis, voltados para atender um público mais vasto. Além de todas as possibilidades de exploração do mundo com os conteúdos do National Geographic.

Infelizmente a Disney decidiu não disponibilizar todo o catálogo adquirido com a compra da 20th Century Fox na Disney+.

Nos Estados Unidos, muitos conteúdos da Fox, considerados mais adultos, como Deadpool, por exemplo, acabam sendo exibidos na Hulu, outra plataforma de streaming da Disney e que ainda não está disponível no Brasil.

Dessa forma, uma das principais críticas a Disney+ é a respeito do conteúdo ser bastante infantojuvenil. 

Falando de valor, o serviço chega com um preço bastante competitivo.

O seu custo está ficando abaixo da maioria dos serviços de streaming disponíveis no Brasil, em condições similares (número de telas e qualidade da imagem). 

Caso esteja com dúvidas, aproveite do período grátis de sete dias para ter a confirmação se ele será útil para a sua família.

Leia também

5 motivos para comprar as Bonecas Metoo Doll

Lixeira Mágica anti odor, como funciona?

Categorias: DescontrairReviews

0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *